Pesadelo com final feliz

4 11 2010

Vasco vence Prudente por 2×1, de virada, numa noite em que quase tudo deu errado.

A partida começou e mais uma vez o Vasco entrou em campo dormindo.

Resultado? Em menos de 10 minutos o placar de São Januário já mostrava 1×0 para o adversário, nada mais nada menos do lanterna do campeonato.

A desgraça prosseguiu e para delírio do locutor do PFC, Zé Roberto tomou amarelo em jogada que só ele viu e avisou na mesma hora que o atacante está fora do clássico contra o Fluminense.

Com 20 minutos, PC trocou Rafael Carioca por Coelho, queimando completamente um jogador que até então era seu homem de confiança em todo o campeonato e aumentando ainda mais a tensão da equipe e da torcida,

Eder Luis andava em campo, Zé Roberto não ganhava uma de Leonardo e na defesa, até o mito Dedé não mostrava a mesma segurança, tendo falhado feio no primeiro gol. 

A noite tinha ares de pesadelo,

 

a torcida perdia a paciência e começava a vaiar a equipe, aumentando ainda mais o desespero.

Até que finalmente o time acordou e Rômulo de cabeça, empatou após cruzamento de Felipe, aos 29 minutos de jogo.

Poucos minutos depois a jogada se repetiu e de novo Rômulo, novamente de cabeça e em outro cruzamento de Felipe, virou o jogo para o Vascão de forma avassaladora.

Tamanha façanha e o respectivo protagonista fizeram a torcida se beslicar para ter certeza que não se tratava de um sonho, era verdade, o pesadelo parecia que ia chegar ao fim.

Fim da primeira etapa, voltamos para o segundo tempo e Coelho, que havia jogado menos de meia hora se sentiu mal no vestiário, dando lugar ao polivalente Fumagalli, que era a primeira opção de PC, que acabou queimando duas substituições para finalmente colocá-lo em campo.

O jogo seguiu sem muitas emoções,  até que em uma das poucas arrancadas que tentou, Eder Luis sentiu a coxa, deu lugar a Jonathan e se tornou mais um desfalque quase certo contra o tricolete.

Minutos depois Max sofreu uma cama de gato e quase quebrou pescoço, homoplata e mandíbula simulatenemente, deixando a equipe com 10 em campo.

O pesadelo parecia que ia voltar,

mas felizmente o garoto conseguiu retornar, já que ao lado de Felipe era o melhor jogador do Vasco na partida.

A ruindade do adversário evitava um sofrimento maior, ainda assim tomamos um grande susto quando Dedé, que havia dado a volta por cima com grande atuação, voltou a falhar e Pimenta quase marcou o gol do empate já nos descontos.

Quando o juiz apitou o final da partida, a sensação foi de alívio, o Vasco chegou a 45 pontos e a torcida Bacalhau pode finalmente dormir sossegada.

Glub.


Ações

Information

3 responses

5 11 2010
Paulo

Pelo meu ponto de vista ainda existe uma motivação: Chegarmos á frente dos mulambos no campeonato pois se isso não acontecer, seremos o último colocado entre os cariocas. E isso pretendo deixar para aqueles fedorentos.
S.V.

5 11 2010
Fabio

Amigos, feliz 2011 e o ano se encerra para o Vasco. Só irei a são Januário ano que vem. Se antes o time jogava mal, agora que alcançamos o cabalístico 45 pontos, o resto do campeonato deverá ser sofrível. Nem me arrisco a ver essas peladas e com essa bolinha, é muito possível levarmos surra do Curintias, Cruzeiro, São Paulo e até dos Florzinhas. Pois, com essa disposição que temos visto nos últimos jogos, é o que espero. Jogart futebol para esse bando de come e dorme parece uma tarefa árdua e tirando um ou outro, a maioria está desfilando em campo.

Parece que os jogadores estão fazendo força para o PC cair, pois não tem outra explicação atuações tão medíocres ultimamente. Não sei, alguma coisa ele falou ou fez com os jogadores.

Que ano que vem seja melhor!

s.v.

5 11 2010
Henrique Rosa

Bom dia, Bacalhaus.
Que jogo horroroso o de ontem!!!! Filme de terror tipo trash, daqueles bem ruins mesmo. Dois bandos de desesperados se enfrentando. Vascão começou nervoso, com medo até de dividir bolas, como no lance do gol do Prudente (parece ser bom jogador aquele cara, Adriano Pimenta).
Mas a zaga deles é horripilante, e tomou dois gols iguais e quase tomou o terceiro.
A minha única discordância do comentário é que, quando o narrador noticiou o cartão do 0berto, eu comemorei. Minha raiva mesmo é do André Loffredo, pé frio e antivascaíno, não gosto dos seus comentários dos lances durante o jogo.
Depois o jogo se transformou num show de horrores, bolas bisonhamente perdidas, todos se machucando, a bruxa estava realmente solta, e como o narrador PFC falou, a única chance da bola se dar bem ontem era caindo nos pés do Felipe. Prass salvou gol certo no fim da primeira etapa, ainda bem.
Pênaltis não marcados de lá e de cá, primeiro o deles, o que podia ter nos complicado, gols perdidos no fim do jogo e uma certeza: Fumagalli está fora dos planos pra 2011. Beleza!
Vamo que vamo que vamo que vamo que o Natal tá quase aí. Feliz ano novo a todos, pq este já foi.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: