Anúncio do dia.

30 08 2010

Para você, flamenguista, que sonha em construir um Estádio:

Temos vagas para pedreiro, carpinteiro, ajudante, servente…

Glub.





Empacou.

28 08 2010

Vasco empata com o Cruzeiro e vai para o terceiro jogo sem vitórias.

Mais um empate, apenas 3 pontos conquistado em nove disputados e a permanência na parte intermediária da tabela em detrimento da aproximação ao grupo que luta por uma vaga na Libertadores.

E podia ter sido pior.

Mais uma vez o Vasco jogou mal e só não saiu de campo derrotado graças aos dois maiores jogadores das últimas partidas da equipe.

Dedé, que hoje quase marcou até gol, e Fernando Prass, cada vez melhor desde que defendeu aquele penalti, merecem estar na seleção do campeonato e novamente foram fundamentais para manutenção da invencibilidade do Vasco.

Nilton jogou mais avançado, para permitir a formação do quarteto de medalhões e como consequência a lateral esquerda ficou totalmente exposta, primeiro com Irrazabal, que parece jogador de pelada do aterro, e depois por Carlinhos, que conseguiu ser ainda pior do que o pangaré paraguaio.

Rafael Carioca, muito lento, tirava qualquer chance de surpreender o adversario na saída de bola.

Ao seu lado, o maestro Felipe fazia sua melhor partida desde o retorno ao Vasco, segurando a bola com categoria e tentando enfiadas de bola que só não foram melhor sucedidas pela falta de entrosamento com os companheiros.

Infelizmente, o meia sentiu o músculo da coxa e teve de ser substituído por Allan, que assim como no jogo contra o São Paulo, frustou a expectativa de todos com mais uma atuação mediocre.

No restante do quarteto, Zé Roberto e Carlos Alberto não foram bem e Eder Luis foi o mais efetivo, com boa movimentação e proporcionando a melhor chance do time, aos 30 minutos.

O jogo seguia lá e cá, e quase no final do primeiro tempo Zé Roberto perdeu um gol feito, para se redimir momentos depois com um golaço em um tiro mortal de fora da área, sem chances de defesa para o execrado Fábio.

Por alguns instantes o adversário ficou atordoado e o Vasco poderia ter ampliado, mas em uma jogada despretenciosa, Thiago Ribeiro jogou a bola para área, ela desviou em Carlos Alberto e ia pra fora, mas Fernando emendou de primeira e colocou no fundo das redes do próprio gol no último lance da etapa inicial.

Veio o segundo tempo e o panorama não mudou, Carlos Alberto seguia mal e como sabemos, o Vasco nunca vai bem quando isso acontece.

PC ainda tentou com Jonathan no lugar do esgotado Zé Roberto e o garoto fez uma grande jogada logo no primeiro lance e mais nada no restante do tempo em que esteve em campo.

Dedé, ao contrário, seguia se desdobrando com sequências incríveis de rebatidas e quando ela passava por ele, lá estava Fernando Prass, com os pés, de soco, do jeito que dava pra defender a meta Vascaína.

Na única vez em que a dupla dinâmica foi batida, a bola bateu caprichosamente na trave e não entrou, num chute por cobertura do atacante Wallyson, aos 37 do segundo tempo.

O Vasco ainda teve a chance da vitória nos minutos finais do jogo, nos pés do zagueiro Fernando, mas o defensor não mostrou o mesmo faro de gol do primeiro tempo e colocou a bola por cima da baliza, mesmo chutando da pequena área.

Fim de jogo, resultado justo, mas insuficiente para atender as expectativas da torcida, que pela primeira vez vaiou a equipe, que segue invicta, mas deixou de convencer.

Glub.





Os sem-estádio.

28 08 2010

Fechamento do Maracanã faz renascer os sofrimento dos que não tem estádio pra jogar.

O Brasil se prepara para a Copa de 2014 e pouco a pouco as obras nos estádios que serão sede de jogos da competição começam a sair do papel.

Dia 5 de setembro, é a vez do Maracanã fechar para obras para reabrir somente nas vésperas do Mundial.

E começou de novo o chororô de Flu e Fla, que não tem estádio pra jogá (rima interessante, essa).

Alías, ter estádio, eles até tem, o problema é que aquelas porcarias não prestam.

O Estádio do Fluminense é proporcional ao tamanho de sua torcida , mas não tem capacidade para sediar confrontos contra adversários de maior porte, como o Grêmio Prudente ou o Avaí.

O Flu até chegou a sugerir uma alternativa criativa para triplicar a capacidade do Estádio, mas o projeto foi vetado pela FIFA e pelo IBAMA, pois favorecia apenas os tricolores.

O urubu é a mesma coisa, até tem o Estádio que merece, mas ninguém mais merece ter que jogar naquela latrina.

Já para um time da estatura do Vasco da Gama,  a notícia cai como uma luva, pois significa mais jogos no Monumental Estádio de São Januário, meu caldeirão.

Para o Bota, a novidade também é boa, pois o clube ainda deve faturar uma boa grana com o aluguel do Engenhão, que é alugado pelos Botafoguenses, ou seja, os otários pagam as prestações que seriam do Fogão, que administra o Estádio de graça até a Copa do Mundo.

Curiosamente, as torcidas de Vasco e Botafogo parecem pressentir que juntas, podem comandar o futebol do Rio no próximo triênio e tem se mostrado cada vez mais unidas, a ponto de um frequentar a arquibancada do outro em jogos recentes do Brasileirão.

Ao que parece, os próximos 3 anos serão interessantes…

Glub.





Não dá pra reclamar.

26 08 2010

Vasco empata com São Paulo sem dar um único chute a gol, em noite de Fernando Prass.

O Vasco mostrou hoje na partida contra o São Paulo que é um time com Carlos Alberto em campo e outro jogando sem o capita.

Como o tribunal nos fez o favor de impedir a participação do “Chefe”, a equipe penou para segurar o empate contra o São Paulo.

Um time que, diga-se de passagem, nem de longe parece o tricolor paulista dos últimos anos, completamente desarticulado e sem alma.

Da lado Vascaíno, mais uma grande atuação da defesa, com a dupla Dedé e Fernando sem falhar uma única vez, Nilton cobrindo a esquerda e o Muralha fechando o gol com duas defesas espetaculares, uma delas nos minutos finais.

Daí pra frente que complicou e sentimos a falta do lider do time.

Rafael Carioca foi o melhorzinho do meio, jogando ao lado de Rômulo, nervoso e muito faltoso, Allan, muito afobado e Felipe, completamente omisso.

Assim você vai acabar irritando de vez a torcida, Maestro.

A bola pouco chegou a Zé Bob, outro que não mostrou muita disposição, e Eder Luis, esse sim um guerreiro incansável apesar de não ter dado muita sorte.

Como consequência, o Vasco até articulou duas ou três boas jogadas na partida, mas efetivamente, não concluiu uma única bola a gol inteirinho.

No intervalo, Fumagalli entrou no lugar de Ramon  Allan e pouco depois, Zé Bob deu lugar a Jonathan, mas o panorama continuou o mesmo.

Quase no final do jogo, Irrazabal substituiu Felipe, e pelo menos foi mais eficiente na marcação.

Mesmo jogando mal, o tricolor teve pelo menos duas boas chances, que morreram nas mãos, nos pés e no corpo de Fernando Prass, a Muralha da Colina e do Morumbi.

Então valeu pelos 4 pontos, os que ganhamos e os que tiramos deles.

Glub.





Desafinado.

23 08 2010

Vasco deixa a vitória escapar na irresponsabilidade do Maestro Felipe.

O jogo começou em ritmo acelerado e logo aos 8 minutos o adversário abriu o placar em uma cobrança de escanteio onde a defesa falhou e deixou Gum sozinho pra cabecear e pegar o rebote, batendo o goleiro Fernando Prass.

O Vasco não se intimidou e cresceu na partida . Eder Luis e Fagner começaram a abrir espaços pela direita, dando uma opção melhor do que a canhota, onde Felipe e Zé Roberto pareciam sentir falta de uma inspiração a mais.

 

Carlos Alberto também apareceu para o jogo, e depois de perder um gol feito, embaixo da baliza, puxou um contra ataque fulminante, que terminou em um passe sob medida para Eder Luis marcar o gol do empate.

Veio o segundo tempo e aí foi a vez do Vasco surpreender e fazer mais um gol logo no início.

Mais uma vez, uma arrancada de Carlos Alberto e novo lançamento preciso, dessa vez, para Fagner colocar no fundo das redes e decretar a virada Vascaína.

O time cresceu em campo e a torcida acampanhou, incendiando as arquibancadas.

Pena que Felipe, logo ele, o suposto Maestro da equipe, pôs tudo a perder em uma desafinada constrangedora.

Mostrando uma displicência inconcebível para um jogador de seu porte, o lateral (?) quis fazer gracinha dentro da área, e entregou o gol de empate de lambuja para os tricoletes, aos quinze minutos.

Pra piorar, mostrou absoluta frieza no lance, sequer se desculpou com os companheiros.

O time se abateu e o jogo ficou muito disputado.

Nilton e Dedé se tornaram verdadeiros leões, mas Carlinhos, que substituiu Felipe, foi apenas um gatinho, pois entrou apavorado e se escondendo do jogo.

Romulo deu lugar a Allan, que mostrou pesonalidade e que merece uma chance de entrar desde o início, enquanto Jonathan substituiu Zé Roberto com descrição.

Nos minutos finais, Deco perdeu uma chance incrível e teve o seu nome gritado em êxtase pela torcida Bacalhau.

A última bola da partida foi do Vasco, Carlos Alberto arrancou de forma sensacional, e chutou na saída de Fernando Henrique, quase fazendo justiça ao marcador.

Mas a bola não entrou e a torcida foi pra casa batuta da vida.

Glub.





À caça de mais uma vitória.

22 08 2010

Vasco x Fluminese é sempre a certeza de um espetáculo bonito dentro e fora de campo.

Com a bola rolando, o Vasco quase sempre se dá bem. São 127 vitórias Cruzmaltinas contra apenas 108 tricoletas, além de 96 empates.

Fora das quatro linhas, os Vascaínos também fazem a festa na torcida adversária, que oferece alguns dos mais belos exemplares da espécime.

Mas é preciso ficar atento para não levar gato por lebre.

Roberto Dinamite e Valdir sempre foram os algozes preferidos do Fluminense, o Presidente marcou um total de 43 gols e o Bigodinho balançou as redes pó de arroz por 15vezes.

O placar do último encontro ilustra bem esta supremacia Bacalhau.

Pra partida de hoje, acredito que vamos com o time que vem jogando, apesar da experiência de PC com Felipe de ala esquerda, no treinamento realizado durante a semana.

Até acho que pode ser uma ótima opção enquanto não temos de volta o Ramon (morreu?), mas não para ser testada em um clássico contra o líder do campeonato.

Fernando Prass, Fagner, Dedé, Fernando e Max, Nilton, Carioca, Romulo e Felipe, Zé Roberto e Eder Luis, com Casalberto e Jonathan só esperando a hora certa de entrar.

Vamo que vamo que vamo que vamo, arriba, aruba e glub.





Nasce um gigante.

21 08 2010

21 de agosto é o dia mais importante no calendário do vascaíno.

Nesta data, uma reunião na Sociedade Democrática Filhos de Talma, no bairro da Saúde, centro do Rio, marcou a fundação do Gigante da Colina.

O documento histórico registrou:

“Aos 21 dias do mês de agosto de 1898, às 2:30 horas da tarde, reunidos na sala do prédio da Rua da Saúde número 293 os senhores constantes do livro de presenças, assumiu a presidência o Sr. Gaspar de Castro e depois de convidar para ocuparem as cadeiras de secretários os senhores Virgílio Carvalho do Amaral como primeiro e Henrique Ferreira como segundo, declarou que a presente reunião tinha o fito de fundar-se nesta Capital da República dos Estados Unidos do Brasil, uma associação com o título de Club de Regatas Vasco da Gama.”

62 nomes assinaram a ata de fundação.

112 anos depois, já são mais de 16 milhões.

PARABÉNS AO CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA PELOS 112 ANOS DE SUA FUNDAÇÃO.

Glub.